Cá estou.



Eu já pensei em desistir.
Jogar tudo pro alto e sair correndo, sabe.
 Igual aos filmes, em que a mocinha viaja pra bem longe
Senti medo de você não ir ao aeroporto atrás de mim, correndo, voando, enfim.
Pior, se o avião fosse embora antes de você chegar.
Então, eu decidi ficar.
Cá estou.
Quando da vontade de sair correndo (ou até mesmo, voando),
 eu lembro do teu sorriso e sei que vai ser bem mais difícil longe dele.
Lembro-me dos teus olhos e já não penso em mais nada.
É quando eu entendo que, não da pra continuar sem você,
Não teria como.
Até teria,
Mas eu não tô nem afim de descobri como seria.
E, uma coisa eu sei, correr ou voar pra bem longe,
Só se for com você, ao meu lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa sua opinião! Eu vou gostar seja qual for.