A Arrogância do Saber

O intelecto humano transporta consigo, 
já por milhares de anos um câncer doloroso, 
“a arrogância do saber”. 
O ensino das novas gerações continua contaminado. 
Armazenamos informação que não nos permite a cura.
Surge um que se julga divino, habitante do universo
Inventa o inexistente 
E pensa que jamais alguém, o poderá contradizer.
Descreve a sua filosofia com símbolos compreensíveis 
A pequenez de uma mente engaiolada.
Sobre os alicerces do erro se geram pesquisas, 
Os seus discípulos se multiplicam, 
As feridas acumulam pus, 
O vulcão rebenta destruindo tudo com a sua lava. 
Assim vamos aceitando as novas descobertas 
A que chamamos ciência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa sua opinião! Eu vou gostar seja qual for.