Eu e a Poesia




Em uma ponta, estou eu.
Ponderada, pés no chão, fincados.
Na outra ponta, um incrível e sedutor cenário desconhecido a me chamar, envolver, provocar.
Como um delicioso aroma de vinho embriagando meus sentimentos…
Palavras... Belas e melodiosas como relances de cores imagináveis, cores que nunca vi antes, grandiosas e diferentes.
É a poesia!
Bela e doce que dança em minha mente como bailarina que dançam nas nuvens
Neste momento entrego-me ao sonho!
Deixo-me voar!
E leve, livro-me de mim mesmo e existo entre as letras que bailam formando frases que constroem perfeita intimidade dentro de mim sem me invadir.
(Katia Kristina)

Um comentário:

Deixa sua opinião! Eu vou gostar seja qual for.